(19) 3806-3679 | 3806-6885

(19) 3806-3679 | 3806-6885

Notícias

Como anda seu nome na praça?

Quando vamos a uma loja para comprar um eletrodoméstico, uma roupa, móveis ou qualquer outra mercadoria, sabemos que nosso nome é consultado. Essa é uma ferramenta que as empresas passaram a contar para saber se você é um bom pagador. Isso os auxilia na concessão ou não de crédito, caso você deseje pagar o que está adquirindo em várias parcelas.

Essa semana tive contato com novas tecnologias para acompanhar nosso nome na praça. Para saber se uma pessoa é boa pagadora, é necessário acessar o site do Serasa Consumidor (https://goo.gl/1yW57Y) e fazer um cadastro, que funciona como uma autenticação. Basta informar o CPF, nome completo, nome da mãe completo, data de nascimento, e-mail, celular e criar uma senha.

Depois disso, o score já aparece na tela do consumidor, que também pode consultar o seu histórico. Mas o que é o “score”? Trata-se de uma ferramenta lançada em abril pela Serasa, que consiste em uma pontuação que analisa uma série de fatores, como pagamentos de contas em dia, histórico de dívidas negativadas, relacionamento financeiro com empresas e dados cadastrais atualizados.

Quanto mais alto o score, maiores são as chances de o cidadão honrar compromissos financeiros nos próximos 12 meses e ter acesso facilitado ao mercado de crédito. Caso os pontos estejam muito baixos, é possível aumentá-los, caso o consumidor limpe seu nome, pague suas contas em dia, mantenha seus dados cadastrais atualizados e abra o cadastro positivo na Serasa. Tudo isso pode ser feito no mesmo site, que mostra o passo a passo de como executar as ações.

Para se tornar um bom pagador, é fácil. Basta fazer o Cadastro Positivo, que consiste em informar que os seus pagamentos estão em dia. (Você pode consultar seu score e fazer o Cadastro Positivo, gratuitamente, através desse link: https://goo.gl/HsDvru).

Educadores financeiros garantem que o endividamento descontrolado do brasileiro provém de facilidades na concessão de crédito. Mas é possível reverter esse jogo, para aqueles que ainda estão endividados.

Especialistas garantem ser possível reduzir despesas entre 30% e 50%, enquanto outras podem até ser eliminadas, com planejamento. A primeira coisa a se fazer é pagar tudo de uma só vez, ou então, parcelar o menos possível, já que é isso que gera o descontrole. Cartões de crédito também devem ser evitados, já que os juros são os maiores no mercado.

Está apertado e não sabe como ter um nome limpo na praça? Comece arrumando a casa. Reúna sua família para organizar o orçamento mensal e apresentar o problema. Converse sobre os objetivos a longo prazo, como uma viagem ou a quitação de dívidas e organize os gastos.

Mude seus hábitos e estabeleça prioridades. Verifique que tipo de despesas a sua família pode reduzir e quais podem ser cortadas. Algumas atitudes simples podem ser tomadas, como por exemplo, tomar um banho mais curto, comprar apenas o necessário no supermercado, apagar as luzes, reduzir o pacote da TV a cabo ou as telas no Netflix.

É importante também que o consumidor faça um levantamento de suas dívidas com cartões de crédito e outros tipos de financiamento. Feito isso, vale a pena negociar com os credores descontos por pagar à vista.

Com o total de dívidas contabilizado, tome um empréstimo consignado, que costuma ter juros mais baixos e pague tudo o que deve. Mas atenção: é importante verificar se tem condições financeiras de arcar com as parcelas desse último empréstimo.

Boa Semana!

VEJA TAMBÉM

Registro de Marcas é demorado, mas seguro

Tenho recebido diversas consultas sobre o Registro de Marcas e resolvi escrever sobre esse tema. A identidade de uma pessoa…

Mais que um brinde, uma lembrança!

Quem é que nunca foi a um evento, recebeu algum brinde e ficou encantado com isso? Com o mercado crescente…

A QUALIDADE DA PERSISTÊNCIA

Nessa semana que passou, em uma de minhas visitas a um cliente, aprendi mais uma boa lição. Quando cheguei na…

Indevidamente, você paga a mais nas contas de energia

Já faz parte da rotina do brasileiro, em qualquer lugar, pesquisar preços e verificar as condições mais vantajosas para cada…