(19) 3806-3679 | 3806-6885

(19) 3806-3679 | 3806-6885

Notícias

Não basta ter a ideia, é preciso pôr a mão na massa

Fui informado que a Santa Casa de Mogi Mirim irá receber três novos aparelhos que a ajudarão nos atendimentos à população. Serão entregues um detector fetal de mesa digital, um localizador de veias periféricas e um monitor multiparâmetros. Uma boa notícia para nós, mogimirianos, que sempre esperamos uma saúde pública de qualidade.

Esses equipamentos promoverão melhorias na qualidade assistencial de gestantes e recém-nascidos. Com eles, será possível facilitar a avaliação e o diagnóstico precoce de complicações no período pré-parto e intra-parto, direcionando a conduta médica e a equipe multiprofissional, e avaliar com precisão o bem-estar materno fetal.

A vitalidade fetal durante atendimento de gestante de risco (prematuridade) e detecção de existência de gravidez múltipla poderá ser analisada, bem como facilitar o acesso às veias de crianças e recém-nascidos, que é essencial no tratamento em que medicamentos são necessários. Isso irá gerar mais rapidez e menos dor aos pacientes, o que atualmente é comum, por conta da dificuldade, em alguns casos, de achar a veia correta para a aplicação.

Hoje, a Santa Casa por não possui estes aparelhos, precisa muitas vezes, alugá-los de outras empresas para prestação destes serviços. Esses equipamentos irão consumir um montante de R$ 12 mil, que será doado pelo Fundo Distrital de Utilização Controlada – FDUC, alocado ao Projeto Distrital Individual de Clube do Distrito 4590. A doação será feita pelo Rotary Club de Mogi Mirim.

Para essa doação, foi necessário colocar tudo no papel, em um projeto detalhado. Essa ação somente será possível, pois cidadãos resolveram agir, ao invés de ficarem parados. Sabendo das necessidades da Santa Casa, o engenheiro José Eduardo Vieira Botelho, membro do Rotary Clube de Mogi Mirim, elaborou o projeto com todas as especificações e, junto com outros membros, apresentou ao Fundo Distrital do Rotary e conseguiu a aprovação.

Uma ação grandiosa que possibilitará reduzir as taxas de mortalidade materno-infantil e sequelas decorrentes de sofrimento fetal e proporcionar um atendimento mais seguro e humanizado para mães e filhos na Santa Casa de Misericórdia.

Esse exemplo é para ilustrar que, muitas vezes temos ideias ótimas, mas não as colocamos em prática por uma série de motivos. Nesta ação, podemos ver que podemos fazer mais e melhor, por nós mesmos e também pelos outros. Procure por pessoas que adotem suas causas. Isso fará a sua vida e a vida do próximo melhor.

Boa semana!

VEJA TAMBÉM

Detalhes que colocam sua marca na memória

Esta semana, fui questionado por um cliente sobre a importância da marca. Optei, como resposta, em apresentar os resultados de…

Como anda seu nome na praça?

Quando vamos a uma loja para comprar um eletrodoméstico, uma roupa, móveis ou qualquer outra mercadoria, sabemos que nosso nome…

A importância do Networking

Todos nós conhecemos o ditado: “tempo é dinheiro”, não é mesmo? Pois bem, digo que essa sabedoria popular está cada…

Importância da pesquisa para as empresas

Com o mercado competitivo, nenhuma empresa quer correr o risco de perder clientes, não é mesmo? Ao mesmo tempo que…