(19) 3806-3679 | 3806-6885

(19) 3806-3679 | 3806-6885

Notícias

Trabalho: oportunidade para viver melhor

Nunca houve tantas profissões, mas por outro lado, também nunca houve poucas vagas. Estabilidade é algo que não existe mais.Agora, a regra é ter dezenas de empregos ao longo da vida – por vontade própria ou por falta de opção. As carteiras assinadas estão com os dias contados, o que é uma coisa boa, pois não precisamos mais pagar 145 dias por ano de impostos ao governo: hoje já se pode trabalhar em casa ou do seu celular em qualquer lugar do mundo.

A pergunta agora é: quantas horas você trabalha? A resposta é simples: depende do quanto você deseja ser feliz! Dá para ser feliz com o trabalho? Ou ele é um remédio amargo para pagar o aluguel no final do mês?

Há algum tempo, poderíamos responder que “é ummal necessário”. Não se pensava muito sobre o assunto porque eram poucas decisões a se tomar. A pessoa começava a carreira em uma empresa, especializava-se em alguma função, geralmente manual, e aposentava-se na mesma companhia, quase sempre, com um salário mais alto, turbinado por gratificações por tempo de serviço.

Era comum o filho ter a mesma profissão do pai e pegar carona nos negócios do velho. De certa forma, essa tendência ainda persiste. Segundo o IBGE, 70% de quem faz faculdade no Brasil escolhe cursos tradicionais como medicina, engenharia, direito e administração de empresas.

E não é por falta de alternativas. O Ministério do Trabalho registra hoje, no Brasil, nada menos do que 2.422 ocupações, algumas incluídas recentemente, como webdesigner, vitrinista e produtor cultural.

Vamos olhar pelo lado bom. Hoje, é virtualmente impossível não encontrar uma profissão que o faça feliz, o difícil é cavar uma vaguinha em muitas delas.Em nossa volta, podemos ver inúmeras oportunidades aparecendo, o que realmente pega é que, nessa nova linha, não existe uma pessoa dando ordem e pedindo para fazer isso ou aquilo e nem horário de início ou término de expediente. É preciso que cada um corra atrás para atender cada vez melhor os que precisam, senão, o cliente escolhe um outro profissional que melhor ofereça o trabalho.

Nossas escolhas precisam nos trazer algo de bom, experiências boas. Às vezes, o salário não é o que desejamos, mas as oportunidades que aparecem podem compensar e merecem ser avaliadas na hora da escolha. Cada um de nós tem uma necessidade: alguns de ficarem mais na sua e outros querem conhecer lugares e pessoas. Pensando nessas opções, escolha bem para viver mais feliz em seu trabalho!

Boa semana!

VEJA TAMBÉM

Números do comércio pela internet em São Paulo

Alguns números chamaram a minha atenção na reunião bimestral dos administrados de e-commerce do Estado de São Paulo. Levantamento feito…

Alternativas para favorecer lojistas e consumidores

O mercado econômico começou agitado nesta semana. A intenção do governo de reduzir o atual prazo para repasse aos lojistas…

Em meio à crise fazer ou não publicidade?

Incertezas pairam sobre os brasileiros, numa época em que a crise atingiu a todos, independente de classe social. Diante da…

Importância do acompanhamento para o registro de marca

Sempre digo aqui sobre a importância de se desenvolver boas e efetivas ações de marketing para o sucesso de uma…