(19) 3806-3679 | 3806-6885

(19) 3806-3679 | 3806-6885

Notícias

Um ano para implementar novidades

Os meios de divulgação saíram do meio de conforto, o mês de janeiro sempre foi marcado por momento de férias, com reprise das programações, a Globo este ano veio com mais de 8 programas novos, fazendo com que a concorrência tivesse um despertar tardio para a questão, com isso a escolha dos anunciantes em TV aberta ficou mais fácil. Os anunciantes estão sempre procurando novidades e oportunidade de maximizar os investimentos em propagandas, atrelando seu produto a assuntos que estarão em destaque nas demais mídias.

A exemplo disso podemos comentar sobre o lançamento na STV, a nossa TV Local que agora é digital, do programa “Em Discussão” que foi um dos maiores sucessos na internet e no rádio, no ano de 2017, agora estará presente na TV Digital sempre às quintas-feiras, às 8h da noite.

O próprio Mark Zuckerberg, criador do Facebook, fez uma postagem na rede social no dia 12 de janeiro comentando as novidades e mudanças em sua rede social. “Sentimos a necessidade de garantir que nossos serviços não sejam apenas divertidos de usar, mas também bons para o bem-estar das pessoas”, explicou o executivo, que definiu que seu principal objetivo de 2018 é “consertar o Facebook”. Com essa informação obrigou as agências e empresas de mídias digitais a buscarem novas formas de postagem, agora não basta mais o vídeo ser bonito e as pessoas curtirem, para aparecer é preciso ter diálogo, conversas, relacionamento e boa visibilidade no Facebook.

Bem, se o meio de publicidade está se reinventando o que podemos fazer em nossas empresas para acompanhar essa tendência?

Você já tinha parado para pensar nisso ou melhor percebe essa movimentação?

A verdade é que estamos vivendo uma revolução DIGITAL, que por estarmos dentro, às vezes, não a percebemos, mas daqui há alguns anos estará nos bancos das escolas.

Essa revolução está a passos largos, em 1995, o mundo começou a conhecer a WEB, em pouco tempo o e-mail se tornou o ponto central da comunicação, em 2000 foi a vez do comércio eletrônico, das mensagens instantâneas, das conferências on-line e dos sites de busca. 2005 foi a vez dos blogs, das redes sociais, das tagging e dos perfis pessoais. Agora estamos vendo a ampliação da educação on-line, representando uma tendência de crescimento de público em busca de qualificação profissional.

Viram quanta coisa acontecendo e em tempo recorde.

Olhemos essa movimentação e vamos procurar colocar nossas empresas cada vez mais dentro desse universo gigantesco onde quem sabe muito não sabe nada do que realmente está por vir

Boa semana e vamos nos re-inventar.

VEJA TAMBÉM

Empresários, atenção às novas regras!

O empresário moderno deve sempre estar atento às regras que surgem e às legislações que podem ser constantemente atualizadas. Essa…

Alternativas para favorecer lojistas e consumidores

O mercado econômico começou agitado nesta semana. A intenção do governo de reduzir o atual prazo para repasse aos lojistas…

Danilo Santos de Miranda: O que este nome tem a ver com nossa cidade?

Sociólogo, formado em Filosofia, Ciências Sociais e Administração, Danilo Santos de Miranda é natural do Rio de Janeiro, onde nasceu…

Números do comércio pela internet em São Paulo

Alguns números chamaram a minha atenção na reunião bimestral dos administrados de e-commerce do Estado de São Paulo. Levantamento feito…